* *

Livre-se das Dívidas: Cartões de Crédito e Cheque Especial são os grandes vilões da inadimplência no Brasil

Dr. Donizete Piton alerta que o consumidor paga juros astronômicos no cheque especial e no cartão de crédito, que chegam a casa dos 12% a 15% ao mês. 

Por: Viviane Barbosa, Redação ANDIF - Publicação: 12/04/2019
Imagem de Livre-se das Dívidas: Cartões de Crédito e Cheque Especial são os grandes vilões da inadimplência no Brasil

vetor: rawpixel.com/Freepick

O percentual de famílias brasileiras endividadas subiu para 61,5% em fevereiro, o maior índice desde dezembro de 2017. É o segundo aumento mensal consecutivo - em janeiro o percentual era de 60,1%.

Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), produzida mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgados nesta quarta-feira (13).

O cartão de crédito foi apontado em primeiro lugar como um dos principais tipos de dívida por 78,5% das famílias endividadas, seguido por carnês, para 13,9%, e, em terceiro, por financiamento de carro, para 9,8%. 

Para as famílias com renda até dez salários mínimos, cartão de crédito, por 78,8%, carnês, por 15,4%, e crédito pessoal, por 8,3%, foram os principais tipos de dívida apontados. 

Já para famílias com renda acima de dez salários mínimos, os principais tipos de dívida apontados em fevereiro de 2019 foram: cartão de crédito, para 77,4%, financiamento de carro, para 17,7%, e financiamento de casa, para 15,9%.

Como se livrar das Dívidas

O especialista em Direito do Consumidor da ONG ANDIF (Instituto Nacional de Defesa dos Consumidores do Sistema Financeiro), Dr. Donizete Piton, alerta que o consumidor paga juros astronômicos tanto no cheque especial e no cartão de crédito, que chegam 12% a 15% ao mês. 

"Hoje os consumidores dão lucro astronômico aos senhores banqueiros.  No caso cheque especial é umas das modalidades de crédito mais caras no país. Evite utilizar esse dinheiro para não cair na inadimplência. O Brasil tem cerca de 50 milhões de consumidores inadimplentes no cheque especial e cartão de crédito", frisa.

Para o especialista, o consumidor endividado deve evitar os feirões, promovidos por órgãos de restrição ao crédito, para limpar o nome.

“Muito cuidado. Lá você vai assinar uma confissão de uma dívida, daquilo que você não deve. Exemplo: se você deve para o banco 5 mil reais, nessa confissão subirá 15 ou 20 mil”, alerta. 

A ANDIF tem atendido casos de consumidores inadimplentes e têm ajuizado ações que reduziram drasticamente os juros abusivos. 

Para mais informações entre em contato: (11) 3106-1537.
 



Notícias Relacionadas

ANDIF vence ação contra HSBC por cobrança abusiva dívida

24/01/2019 -

Caso você tenha sofrido com as práticas abusivas cometidas por empresas que compõem o sistema financeiro nacional, entre em contato conosco

ANDIF dá dicas para economizar

24/01/2019 -

Saiba para onde seu dinheiro está indo

+ Notícias

Redes Sociais

Atendimento ao Consumidor

Empresas

Baixe Gratuitamente

Projeto: Mídia Consulte