* *

Dólar fecha com maior queda desde junho de 2016

Moeda fechou perto de R$ 3,70

Por: Redação ANDIF - Publicação: 01/11/2018
Imagem de Dólar fecha com maior queda desde junho de 2016

reprodução

O dólar fechou outubro com a maior queda percentual ante o real desde junho de 2016. O resultado é reflexo da corrida presidencial brasileira, que levou a moeda a se afastar do pico do Plano Real, perto de R$ 4,20, para o patamar de R$ 3,70.

Com as apostas na derrota do PT – e vitória de Jair Bolsonaro, do PSL– para a Presidência da República, o mercado previa que o ex-capitão do Exército daria continuidade à agenda de reformas e de controle de gastos, vistas como necessárias para o país voltar a atrair investimento e crescer.  

Segundo analistas, a continuação da queda da divisa vai depender do anúncio da agenda de reformas e composição da equipe ministerial de Bolsonaro.

O cenário externo, porém, também tende a afetar o movimento do dólar. Em novembro, acontecerão as eleições legislativas nos EUA, que serão cruciais para o desenvolvimento dos planos de governo de Donald Trump.
 

*Destak e agências



Redes Sociais

Atendimento ao Consumidor

Empresas

Baixe Gratuitamente

Projeto: Mídia Consulte