* *

Aposentadoria: Para garantir benefício integral será preciso trabalhar mais um ano

Medida entrou em vigor em 31 de dezembro de 2018

Por: Redação ANDIF - Publicação: 04/01/2019
Imagem de Aposentadoria: Para garantir benefício integral será preciso trabalhar mais um ano

Foto: Reprodução

O trabalhador que pretende se aposentar por tempo de contribuição terá que trabalhar por mais um ano para conseguir o benefício sem o desconto do fator previdenciário – a medida entrou em vigor no dia 31 de dezembro de 2018. Isso porque entrou em vigor a regra 86/96, conforme previsto por lei sancionada em 2015– até agora, a regra vigente era a 85/95.

Para desestimular as aposentadorias precoces, foi criada essa fórmula 85/95, que estabelece que só terá o benefício integral quem cumprisse a regra: a soma da idade e do tempo de contribuição teria de ser 85 anos para as mulheres e 95 anos para os homens. Isso significa, por exemplo, que uma mulher que tenha trabalhado por 30 anos (o mínimo exigido), precisaria ter pelo menos 55 anos para se aposentar.

Agora para se aposentar  com o tempo mínimo de contribuição, a mulher deverá ter 56 anos. A mesma soma precisará alcançar 86 e 96. A fórmula será aumentada gradualmente até 2026.

O pedido de aposentadoria pode ser solicitado pelo número 135 ou pelo site do INSS.
 

*Com Destak



Redes Sociais

Atendimento ao Consumidor

Empresas

Baixe Gratuitamente

Projeto: Mídia Consulte