* *

Ficou sem o presente de Natal? ANDIF alerta sobre direitos nas compras

Empresas tem algumas regras para cumprir. Confira

Por: Redação ANDIF - Publicação: 11/01/2019
Imagem de Ficou sem o presente de Natal?  ANDIF alerta sobre direitos nas compras

Foto: Freepik

O fim de ano já passou, mas talvez aquele seu presente de Natal chegou com defeitos, não serviu ou foi comprado pela internet e ainda não chegou. Saiba que existem regras que as empresas devem cumprir. Confira a seguir no portal ANDIF:

Defeito

Se o produto vier com defeito, o consumidor tem direito de enviá-lo para a assistência da fabricante. Caso seja um bem durável, como eletrodoméstico ou roupa, o prazo é de  90 dias para fazer a reclamação a contar do dia em que o adquiriu. Os produtos não duráveis, como alimentos, o prazo para entrar em contato com a fabricante é de 30 dias. 

Após o recebimento do produto com defeito, a empresa tem 30 dias para resolver o problema. Caso ultrapasse esse tempo e o problema não seja resolvido, o consumidor pode acionar o Código de Defesa do Consumidor.

Arrependimento

O prazo para desistir da compra é de sete dias, mas somente para compras feitas fora do estabelecimento, ou seja, nas lojas virtuais.  

Não serve

Trocar um produto por gosto, tamanho ou cor não é obrigatório, a não ser que a loja tenha se comprometido a efetuá-la. Neste caso, é importante que você saiba qual é a política de trocas da empresa. E não esqueça de sempre guardar o comprovante de compra, para caso haja alguma ocorrência pós-compra.

Atraso na entrega

Fique de olho aos prazos das empresas e guarde a nota fiscal da compra. Esse documento ajuda a comprovar falhas da empresa. Se tiver atrasos, o ideal é entrar em contato o mais rápido, questionando a localização do produto.

Se você se sentir insatisfeito com o serviço da empresa, pode exigir seu direito de entrega, o ressarcimento do dinheiro pago ou a substituição do produto.

 


Tags: #da


Redes Sociais

Atendimento ao Consumidor

Empresas

Baixe Gratuitamente

Projeto: Mídia Consulte