* *

Cuidado com o discurso simples

Leia no Portal Andif a coluna semanal do Dr. Donizét.

Publicação: 13/09/2011
Imagem de Cuidado com o discurso simples

Lamentavelmente, os juros altos jamais inibiram o uso de cartões de  crédito e cheque especial neste país. Progressivamente os bancos estão tirando o dinheiro de circulação e colocando nas mãos dos consumidores talão de cheque e cartão de crédito. O apelo desses instrumentos é simples: não se prive de consumir só porque você não tem dinheiro no bolso ou na Conta Corrente.
Consuma que o banco garante! No discurso tudo é muito simples. Por outro lado as pessoas não se sentem seguras para andar com dinheiro em espécie no bolso. Acham que cartão de crédito e talão de cheque é mais seguro. Esse discurso tem sido bem aceito dado o  altíssimo índice de violência e insegurança que o povo vive e a crônica falta de recursos próprios.
Olhando a questão por esse lado não estão errados, no entanto, esquecem-se de computar o custo desses instrumentos.Em agosto do corrente ano, os juros dos cartões de crédito esta batendo os 427% de juros ao ano. Os juros do cheque especial chegam aos 287% ao ano. São juros altamente proibitivos mas, a população utiliza-se desses instrumentos por falta de opções.


Dr. Donizét Piton, presidente do Instituto ANDIF é advogado especialista em direito do consumidor e bancário. Escreve semanalmente neste site.
Escreva-nos:
defendase@andif.com.br


Agência ANDIF
Assessoria de Comunicação (até 08/2014): Mídia Consulte

Editora:Viviane Barbosa Mtb 28121
Redação: defendase@andif.com.br/ jornalismo@midiaconsulte.com.br
Siga-nos: www.twitter.com/institutoandif

 

 

Redes Sociais

Atendimento ao Consumidor

Empresas

Baixe Gratuitamente

Projeto: Mídia Consulte